imprensainvestigativa

15 de junho de 2011

Fraude de carteiras de estudantes

Filed under: Cultura — imprensainvestigativa @ 19:39

(R. Morelli e Carolina)


É cada vez maior o número de jovens e adultos que buscam manter o benefício da meia-entrada em eventos culturais, como cinema, teatro, shows e exposições. Para isso, eles falsificam carteiras de estudante, forjando comprovantes de matrícula. É tão fácil falsificar uma carteirinha de estudante, que alguns lugares que a emitem não pedem sequer um comprovante de matrícula e é até mesmo possível conseguir uma carteirinha de estudante falsa através da internet, pelo orkut, por apenas R$ 5,00. 


É possível que seu navegador não suporte a exibição desta imagem.

Esse é um problema que vem crescendo ao longo dos anos e que é considerado crime, pois acaba limitando o acesso de muita gente aos espetáculos culturais, trazendo prejuízos não só aos estudantes, que realmente têm direito ao benefício da meia-entrada, mas também aos não estudantes, produtores culturais e artistas que acabam não alcançando as metas pré-estabelecidas para os eventos.


O presidente da União Nacional dos Estudantes
(UNE), Augusto Chagas, acredita que a padronização das carteiras de estudantes poderá reduzir os casos de falsificação que limita a meia-entrada ao máximo de 40% do total de ingressos oferecidos ao público em salas de cinema, espetáculos de teatro e circo, museus, parques e eventos educativos, esportivos e de lazer. Chagas diz que a impressão do documento em papel moeda, por exemplo, garantiria maior controle no processo de concessão, contribuindo para assegurar o benefício a quem realmente tem direito. Ele lembra que atualmente não há um modelo único, o que aliado a falta de fiscalização, estimula e facilita as fraudes. Muitos são contra a proposta devido aos altos preços dos ingressos cobrados nos eventos para quem paga inteira. Mas vale lembrar que falsificar qualquer documento, inclusive a carteirinha de estudante é crime previsto no Código Penal. 


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga a emissão de Carteirinhas Estudantis Falsas, já tem uma linha direta gratuita para receber denúncias sobre fraudadores e locais onde são emitidas carteiras falsas. Por meio do número 0800 022 0008 qualquer pessoa pode denunciar fraudes, sem precisar se identificar. Além da linha gratuita, as denúncias também podem ser encaminhadas à CPI pelo site da Alerj
, basta clicar no link da comissão, no canto direito do site.    

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: